Quarta, 31 Março 2021 13:49

Secult realiza estudo para mapeamento cultural

Por meio da Secult (Secretaria de Cultura), o Governo de Roraima estuda formas de realizar um mapeamento cultural para cadastramento de agentes que atuam com atividades ligadas à cultura e patrimônio no Estado.

"Por meio dessa ferramenta, será possível traçar o cenário cultural roraimense, considerando e permitindo o acesso às informações sobre eventos, programas, espaços e agentes culturais. Além disso, possibilitará acesso a editais e ações de fomento ao setor", afirma o secretário de Cultura, Shérisson Oliveira.

 De acordo com o diretor de Promoção Cultural da Secult, Enos Almeida, a proposta é criar um canal de visibilidade a entidades e associações representativas na produção de atividades culturais do Estado e, com isso, aderir a uma ferramenta já utilizada por secretarias de Cultura de outros estados, como o Mapa Cultural do Instituto TIM, que servirá de modelo.

"O Governo do Estado, sensibilizado com a busca de informações e transparência de dados, está buscando ferramentas e novas plataformas que possam deixar claro o fluxo de informações e dar visibilidade nacional a dados que sirvam de indicadores para captação de recurso e fomento para novos editais”, explica.

 

MAPA CULTURAL - É um espaço para integrar e dar visibilidade para projetos, artistas, espaços, eventos culturais e seus produtores. Ele é a principal base de informações e indicadores do Ministério da Cultura. Neste mapa estão reunidas informações de eventos culturais, Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e do Cadastro Nacional de Museus. Além disso, a Secult irá unir esforços com os sistemas de informação de estados e de municípios e, mais do que isso, auxiliá-los na consolidação de seus sistemas de informações e indicadores culturais.